sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Games Batatais: Super Smash Bros (N64)



E aí pessoal, tudo suave? Férias, presentes de natal, bebedeira de ano novo, essa época é realmente única. Principalmente pelos altos presentes que você deve estar esperando ou juntando dinheiro o ano todo para comprar, mais precisamente um console modernão ou aquele PC turbinado. Porém hoje deixaremos de lado os consoles ultra high-tech que você está esperando para o fim de ano e vamos voltar no tempo para o longínquo ano de 1999,ano de lançamento do Super Smash Bros, o crossover mais adorado de todos os tempos.

Ahh, lembro de quando o N64 era o videogame mais moderno que eu possuía, aqueles modestos 150 mil polígonos por segundo permitiam construir cenários incríveis em 3D que eu sonhava poder desbravar quando possuía apenas um SNES. Eu cheguei bem atrasado na 5ª geração, quando ganhei meu N64 em 2002, o PS2 estava prestes a se tornar o console mais popular da história, mas isso não mudou em nada a magia que era jogar o N64..

“Tá, mas e o jogo que é bom, você ainda não falou nada!” Agora, sem mais enrolações , vamos analisar este grande game.

Super Smash Bros é um game de luta que suporta até quatro jogadores simultaneamente na tela. Aqui o objetivo não é diminuir a barra de energia do seu adversário até o zero, e sim jogá-lo para fora da arena de combate.


 
Há um medidor de dano que vai aumentando conforme você vai sendo atacado, quanto maior o dano que você possui, mais longe você será lançado por ataques dos adversários. Por exemplo, o mesmo soco que você tomou quando tinha 0% de dano e nem te tirou do lugar pode ser fatal se você tiver 150% de dano.

O conceito de medidor de dano pode parecer estranho no começo, mas logo percebe-se que ele traz muito mais emoções e reviravoltas à batalha , visto que você pode ser mandado pro beleléu com 80% de dano ou pode aguentar até os 200% dependendo de como você joga e o desenrolar da partida.


Os controles são muito simples , nada de combinações mirabolantes para realizar um combo, aqui acessibilidade é a palavra chave. E o melhor de tudo é que iniciantes podem se divertir lutando e os mais hardcore podem treinar e ficar anos-luz à frente dos jogadores mais casuais.

Você usa o analógico para andar ou correr, o A desfere ataques básicos( como socos e chutes) que quando combinados com uma direção no analógico alteram-se de acordo com a direção usada(apertar A com o analógico para baixo para dar uma rasteira, por exemplo), o B serve para os ataques específicos de cada personagem( Mario atira bolas de fogo, Link solta um bumerangue, etc) e também variam de acordo com a direção apontada pelo analógico.


Ao empurrar o analógico para cima seu personagem irá pular podendo realizar um double-jump( ou voar, como no caso do Kirby). B e cima no analógico desfere um ataque que te impulsiona para o alto podendo ser usado para tentar voltar à arena ao ser lançado para fora. É importantíssimo usar seus pulos para voltar à arena, nunca morra sem tentar voltar à terra firme( é claro que há situações em que não é possível voltar)


O principal atrativo do jogo é o modo multiplayer. Até existe um modo single player, mas resume-se em derrotar oponentes em sequência( tradicional modo dos games de luta) porém enjoa rápido e o legal é reunir a galera pra dividir uns sopapos.

Como a capa do jogo já cita, o elenco  é composto por diversos personagens da Nintendo, como Mario, Link e Pikachu. Há 12 personagens jogáveis(8 disponíveis desde o começo e 4 deles devem ser adquiridos durante o game),



Cada personagem possui características bem distintas: Mario é o mais balanceado, Kirby é bem ágil e pode voar ao dar vários pulos porém ele é bem leve logo é arremessado para longe mais facilmente. Donkey Kong possui uma tremenda força mas como ele é grande torna-se um alvo fácil. Link tem uma movimentação lenta mas seus ataques de espada e projéteis compensam essa desvantagem. Samus também possui vários projéteis, Pikachu é o preferido dos iniciantes por conta de um ataque apelão inspirado no game de origem do Pikachu, o golpe thunder, que surgiu em Pokémon Red e Blue(Red e Green no Japão), Yoshi é ótimo para derrubar inimigos e Fox é um dos mais rápidos do jogo..






 

Eu particularmente arrebento com o Mario e o Link no SSB, sempre tem aquele personagem com o qual você se identifica e domina os ataques.

Não podemos esquecer dos itens, que são uma mecânica importante do jogo, nas batalhas multiplayer você pode até desabilitá-los depois de destravar a item switch no menu opções, através da qual você pode escolher quais itens quer que apareçam e até ajustar a frequência que eles aparecem



São diversos itens: Bob-Ombs do universo do Mario, o hammer do clássico Donkey Kong arcade, bastões de baseball, sabres de luz, até pokebolas tem! Dá muita raiva quando vem o Goldeen e fica dando Splash(tão inútil quanto no jogo original), em compensação o Hitmonlee dá uma voadora fatal em quem tiver um tanto danificado

Os modelos dos personagens apresentam poucos polígonos pois era necessário não sobrecarregar o processador do N64, para aguentar tantos objetos simultâneos na tela.


SSB é um clássico dos videogames, tanto que já possui duas sequências: Super Smash Bros Melee (2001 Nintendo Game Cube) e Super Smash Bros Brawl (2008 Wii), mas isso é assunto para futuros posts.


Lembro de ter passado uma virada de ano jogando SSB no N64, ninguém sabia jogar pois tinha alugado o jogo pela primeira vez, diversão que não volta mais nesses dias de hoje.

O melhor é que a Nintendo disponibilizou o game para ser baixado pelo Virtual Console do Wii, por apenas US$ 10,00, uma pechincha perto dos preços elevadíssimos para conseguir o cartucho usado por aí.

Este é o jogo perfeito para se jogar com a família e também para se engajar em lutas mais sérias, sempre tem campeonatos de SSB nos eventos voltados para gamers e apreciadores da cultura japonesa em geral. Um jogão que se você ainda não experimentou, ainda dá tempo de redimir o seu pecado. Reúna a galera e GET READY TO FIGHT!.



E aproveitando que logo mais é véspera de jingle bells, gostaria de desejar a todos um Feliz Natal, com muitos presentes, perus e panetones! 


2 comentários:

  1. OTIMO POST, lendo assim da até vontade de jogar horas e horas (ja joguei mtas),me lembro como se fosse ontem eu lançando o link nos ares enquanto tomava uma bob-ombzada nas costas (FOX infeliz)
    Mt Bom !

    ResponderExcluir
  2. Agradeço pelo elogio! E é verdade mesmo esse lance do bob-omb, ele e o martelo faziam os noobs virarem a partida hehe

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...